Domingo, 27 de Setembro de 2020 22:46
(82)99621-8631
Geral Transporte

Transporte clandestino cresce na pandemia e prejudica ainda mais setor oficial

Segundo órgão de fiscalização, crescimento foi de mais de 47%, enquanto queda de passageiros no transporte coletivo foi superior a 50%

10/09/2020 13h45
Por: Redação Fonte: Tribuna Hoje
Foto: Edilson Omena
Foto: Edilson Omena

Desde 2014 as empresas de transporte regular, os famosos ônibus coletivos, acumularam uma perda de passageiros de mais de 2 milhões mensais, segundo o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Maceió (Sinturb). E com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), os empresários viram o movimento cair em bem mais de 50% com o isolamento social a partir da segunda quinzena de março, prejudicando ainda mais os transportes regulares. Dados dos órgãos de fiscalização apontam que o transporte clandestino aproveitou para crescer mais de 47% durante essa ausência forçada da presença dos transportes do setor oficial.

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) diz que, de janeiro a julho de 2019, 176 veículos foram autuados e removidos por realizar o transporte remunerado irregular de passageiros na capital. Já no mesmo período de 2020, 259 veículos clandestinos foram autuados e removidos pelo órgão.

Vale ressaltar que esse aumento no número de clandestinos atuando na capital alagoana ocorreu contra a determinação das autoridades, que restringiram a circulação de pessoas com o objetivo de diminuir o contágio pelo Covid-19. O transporte formal estava trafegando com a frota quase pela metade até meados de maio justamente para evitar as aglomerações.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.