Quinta, 01 de Outubro de 2020 10:00
(82)99621-8631
Política Política

Secretários apresentam balanço das ações de combate à Covid-19

De acordo com os dados apresentados, mais de R$155 milhões, entre receita do estado e federal, foram gastos com o enfrentamento ao Covid-19

10/09/2020 15h21
Por: Redação Fonte: Ascom ALE
Foto: Ascom ALE
Foto: Ascom ALE

A Comissão de Fiscalização e Controle da Assembleia Legislativa realizou nesta quinta-feira, 10, uma audiência pública com os secretários Alexandre Ayres, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), e Fabrício Marques, da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag). No encontro, presidido pelo deputado Silvio Camelo (PV), os representantes do governo fizeram um balanço das ações de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus em Alagoas. “A ideia do governador Renan Filho sempre foi de que os secretários pudessem vir a esta Casa fazer uma explanação destes dias de combate à Covid-19”, afirmou Silvio Camelo.

Alexandre Ayres apresentou um balanço dos 150 dias de enfrentamento da pandemia. “Vindo aqui na Assembleia Legislativa, nós damos transparência às ações do Governo no enfrentamento à Covid-19, que é um desafio de todos, tanto dos órgãos públicos quanto da população”, afirmou. O secretário de Saúde disse ainda que é importante trabalhar a conscientização da população na prevenção. “Neste período, conseguimos fazer um bom enfrentamento, com mais de 1300 leitos. Alagoas vem reduzindo bastante o número de óbitos e devemos encerrar o mês de setembro com o menor número de óbitos do Nordeste”, destacou.

Ainda em sua apresentação, o secretário afirmou que é cedo para relaxar as ações de combate à pandemia. “Só teremos o retorno da normalidade quando acharmos uma vacina ou um medicamento com eficácia comprovada”, disse. Por fim, o secretário afirmou que Alagoas alcançou o primeiro lugar entre os Estados mais transparentes do Brasil em relação à divulgação de dados sobre a pandemia do novo coronavírus. “São dados de receita e de despesa. Isso só demonstra que o trabalho em busca da transparência é uma prioridade no Estado”, relatou.

Para mais informações, clique AQUI.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.