Quinta, 22 de Outubro de 2020 02:45
(82)99621-8631
Geral Trânsito

PRF divulga balanço da Operação Nossa Senhora Aparecida 2020

Durante os quatro dias de Operação, em Alagoas, a PRF fiscalizou 1.904 veículos e 1.945 pessoas

13/10/2020 14h42
Por: Redação Fonte: Ascom PRF
Foto: Ascom PRF
Foto: Ascom PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou às 23h59 desta segunda-feira (12) a Operação Nossa Senhora Aparecida 2020. Tendo início no dia 09 de outubro, a operação teve como objetivo reduzir a gravidade de acidentes no trânsito e o aumento da percepção de segurança nas rodovias federais.

Houve um reforço ostensivo nas fiscalizações, priorizando pontos e horários estratégicos onde há ocorrência de acidentes graves e criminalidade, conforme apontam as estatísticas do órgão. 

Em Alagoas, as equipes realizaram patrulhamento ostensivo principalmente em trechos das BRs 101, 104 e 316.

Motivados por diversos fatores, especialmente os relacionados ao comportamento do condutor, a PRF registrou um total de 09 acidentes, 03 deles considerados graves. Dessas ocorrências, 08 pessoas ficaram feridas e 02 vieram a óbito. De acordo com dados oficiais, foram fiscalizados 1.904 veículos e 1.945 pessoas. 

Foram realizados 71 testes de alcoolemia, com um total de 08 autuações. As outras infrações mais observadas foram o não uso do capacete, do cinto de segurança e ultrapassagens indevidas – com totais de 43, 20 e 47 flagrantes, respectivamente.

Já no combate à criminalidade, 12 pessoas foram detidas: 01 por receptação, 02 por omissão de cautela na condução ou guarda de animal, 02 por dirigir sem habilitação, causando perigo de dano, 02 por entregar veículo a pessoa não habilitada, 02 por colocar em perigo a vida ou saúde de outrem, 01 por porte ilegal de arma de fogo, 01 por mandado de prisão em aberto e 01 por apropriação indébita.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.