Sexta, 30 de Outubro de 2020 04:09
(82)99621-8631
Geral Brasil

Onça ferida em incêndio no Pantanal recebe tratamento com ozônio e laser

Macho ganhou 9kg e já caminha sem curativos nas patas

18/10/2020 10h04
Por: Redação Fonte: G1
FOTO: ARAQUÉM ALCÂNTARA/DIVULGAÇÃO
FOTO: ARAQUÉM ALCÂNTARA/DIVULGAÇÃO

médica veterinária Karolina Vitorino, que participa do tratamento das onças-pintadas que sofreram queimaduras nas patas durante um incêndio no Pantanal, conta que a equipe se emocionou com a recuperação de Ousado, como foi batizado o felino que passou por tratamento com ozônio e laser, em Corumbá de Goiás. Ele já anda sem curativos e recebeu alta para voltar para o Cerrado.

 

"Na última vez que a gente fez a aplicação, todo mundo se emocionou por saber que a gente está devolvendo para a natureza um animal que nunca deveria ter saído de lá", disse.

O macho foi transferido no dia 11 de setembro de Mato Grosso para o Instituto de Preservação e Defesa dos Felídeos da Fauna Silvestre do Brasil em Processo de Extinção (Nex). Desde então, recebeu um tratamento usado pela primeira vez em onças, com ozônio e laser, além de pomadas homeopáticas nas queimaduras, que ajudaram na recuperação.

"Ele está bem, ganhou 9kg de peso, está pronto para voltar para casa. Já comunicamos os órgãos responsáveis e aguardamos para que seja definido quando isso acontecerá", disse o veterinário Thiago Luczinski.

Depois de o animal receber alta, quem é responsável pela reintrodução do bicho na natureza é o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio). Segundo a presidente do Instituto NEX, Cristina Gianni, por lei, o animal tem que voltar para o local de origem, mas a mata onde a onça vivia foi destruída pelo fogo.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.