Terça, 01 de Dezembro de 2020 18:47
(82)99621-8631
Geral Alagoas

Programa Vida Nova nas Grotas vence prêmio internacional de cidades inteligentes

Programa do Governo do Estado em parceria com o ONU-Habitat venceu o World Smart City Awards 2020 na categoria Qualidade de Vida & Inclusão

18/11/2020 13h49
Por: Redação Fonte: Agência Alagoas
Foto: Reprodução/Agência Alagoas
Foto: Reprodução/Agência Alagoas

O Programa Vida Nova nas Grotas venceu o Prêmio World Smart City Awards 2020 na categoria Qualidade de Vida & Inclusão. O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (18) durante cerimônia virtual transmitida de Barcelona, na Espanha, que contou com a participação do governador Renan Filho e dos secretários de Estado da Fazenda, George Santoro; e do Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral.

O World Smart City Awards 2020 reconhece anualmente projetos pioneiros, ideias inovadoras e estratégias que promovam uma abordagem de “cidades inteligentes” no desenvolvimento urbano e na melhoria da qualidade de vida dos habitantes. A candidatura alagoana concorreu com projetos da Índia e da Turquia.

“Participar de um prêmio internacional de cidades inteligentes significa que a gente, na área de inclusão social e com soluções inovadoras, melhora a vida das pessoas, especialmente daquelas que mais precisam, que são os moradores das grotas de nossa capital”, comemorou Renan Filho.

A candidatura "Vida Nova nas Grotas - melhoramento de favelas e desenvolvimento urbano baseados em evidências" concorreu ao prêmio com o trabalho conjunto desenvolvido pelo Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand), em parceria com o ONU-Habitat (Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos). O programa engloba, ainda, outras secretarias de Estado, como a de Infraestrutura (Seinfra) e a da Fazenda (Sefaz).

O representante regional para América Latina e Caribe do ONU-Habitat, Elkin Velásquez, em sua conta no Twitter, parabenizou o Governo de Alagoas pela premiação e o governador Renan Filho por liderar o programa que beneficia comunidades vulneráveis de Maceió, destacando a cooperação técnica estabelecida.

O Vida Nova nas Grotas é um guarda-chuva para projetos, planos e ações com foco nas populações mais vulneráveis de Maceió, incluindo intervenções urbanas e territoriais que diminuem as desigualdades espaciais e de acesso a serviços. A princípio, a iniciativa implantava melhorias em mobilidade urbana, como escadarias, pontilhões e passeios em todas as comunidades de risco. Porém, o programa cresceu e ampliou sua atuação com a chegada do ONU-Habitat em 2017. A parceria gerou ações de inclusão social, meio ambiente, qualidade de vida, infraestrutura e empreendedorismo.

Hoje, 54 grotas da capital alagoana já foram atendidas e, até o final do programa, mais de 300 mil pessoas serão beneficiadas, em todas as cem comunidades de Maceió. “As pessoas podem esperar: nós vamos chegar, até o final do nosso governo, a todas as grotas da capital. Esse é o nosso compromisso. Isso vai melhorar a vida de muita gente. Trata-se de um programa muito verdadeiro e que vamos levá-lo adiante até atender todas as pessoas que residem em grotas de Maceió”, assegurou o governador.

O World Smart City Awards 2020 recebeu candidaturas de projetos de altíssimo nível de aproximadamente 50 países para as sete categorias do prêmio, apresentado no evento global na Espanha, organizado pelo Smart City Expo World Congress e pela Fira Barcelona, e apoiado por diversas instituições globais como o Banco Mundial.

“Estamos muito felizes com o resultado do prêmio. Depois de seis anos desse programa tão bonito e com tantos resultados positivos de inclusão social, melhoria da qualidade de vida, a premiação veio culminar com o que realmente o Vida Nova nas Grotas traz para as pessoas”, enfatizou o secretário Mosart Amaral.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.