Terça, 26 de Janeiro de 2021 09:16
(82)99621-8631
Geral Alagoas

Canal do Sertão: Infraestrutura autoriza a liberação de mais quatro quilômetros de água

Secretário Maurício Quintella visitou à obra na quinta (7) para autorizar a abertura de comporta

08/01/2021 14h50
Por: Redação Fonte: Ascom Seinfra
Foto: Ascom Seinfra
Foto: Ascom Seinfra

As obras do Canal do Sertão seguem avançando e levando esperança para o povo sertanejo. Na tarde da última quinta-feira (7), o secretário de Infraestrutura, Maurício Quintella, esteve no município de São José da Tapera para autorizar a abertura da comporta 13, localizada no trecho IV do Canal do Sertão. 

Essa ação permitiu liberar mais quatro quilômetros de água, atingindo a marca de 115,8 km da obra abastecida com as águas do Rio São Francisco. A perspectiva agora é que em fevereiro o trecho IV da obra seja concluído e entregue com 125 km executados e com água. 

Barragens 

Aproveitando a agenda no Sertão, o secretário foi ao município de Delmiro Gouveia visitar as obras das barragens na cidade. O projeto de pequenas barragens irá implantar 17 delas, que ficarão distribuídas entre os municípios de Delmiro Gouveia e Água Branca. Localizadas ao longo dos primeiro 65 km do Canal do Sertão, as barragens serão abastecidas com as águas do Velho Chico e irão beneficiar cerca de 1.200 famílias da região. 

De acordo com Maurício Quintella, mais um passo está sendo dado para levar água e desenvolvimento ao povo sertanejo. “Nessa agenda de hoje podemos constatar o quanto o Governo de Alagoas segue trabalhando em prol da população da região. Além de termos mais água no canal e em fevereiro finalizar esse trecho, temos o projeto das pequenas barragens que dará condições básicas para a produção de agricultura familiar e a criação de animais.”

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.