Quinta, 13 de Maio de 2021 19:25
(82)99621-8631
Geral Alagoas

Renan Filho garante inclusão de jornalistas em grupos prioritários para vacinação contra a Covid-19 em AL

Governador recebeu pedido através de ofício entregue pelo presidente do Sindjornal, Izaias Barbosa

09/04/2021 14h54
Por: Redação Fonte: Agência Alagoas
Foto: Reprodução/Agência Alagoas
Foto: Reprodução/Agência Alagoas

O governador Renan Filho recebeu, na manhã desta sexta-feira (9), das mãos do presidente do Sindicato dos Jornalistas de Alagoas (Sindjornal), Izaias Barbosa, ofício que solicita a inclusão da categoria nos grupos prioritários para a vacinação contra a Covid-19. O governador garantiu que os profissionais serão imunizados junto com os professores.

“É merecido, os jornalistas não pararam. Nós já iniciamos a vacinação das Forças de Segurança. Após o grupo prioritário dos 60 anos, vamos iniciar os professores e vacinaremos os jornalistas junto com eles. Faremos a imunização da categoria por idade”, assegurou Renan Filho, ao lado do secretário de Estado da Comunicação, Enio Lins.

No ofício entregue ao governador no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares, o Sindjornal manifestou preocupação com a crescente incidência de jornalistas e outros profissionais da área da Comunicação infectados pela Covid-19.

O documento ressalta, ainda, que pela natureza de suas atividades, muitos são diretamente expostos ao risco de infecção pelo coronavírus, sobretudo com a circulação de novas variantes no estado.

"Trata-se de um pedido do Sindicato dos Jornalistas ao Governo do Estado para que priorize a categoria dos jornalistas e outros profissionais da Comunicação, em face do grande número de infectados pela Covid, inclusive internados e intubados”, destacou Izaias Barbosa, acompanhado pelo diretor financeiro do Sindjornal, Thiago Correia.

Renan Filho e o secretário da Comunicação, Enio Lins, destacaram, ainda, o papel fundamental dos jornalistas no enfrentamento à pandemia, levando informações precisas à sociedade e, sobretudo, combatendo as chamadas fake news (notícias falsas).

“Quem trabalha com Comunicação, especialmente em reportagem, está permanentemente em risco de contágio. E o jornalismo é atividade fundamental durante a pandemia. Informar, pesquisar, esclarecer e muito especialmente combater as fake news são tarefas jornalísticas essenciais para toda a sociedade. Em boa hora, o governador Renan Filho recebeu e acolheu a demanda do Sindicato dos Jornalistas pela vacinação dos profissionais de imprensa”, avaliou Enio Lins.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.