Domingo, 13 de Junho de 2021 02:17
(82)99621-8631
Dólar comercial R$ 5,12 1.12%
Euro R$ 6,2 +0.6%
Peso Argentino R$ 0,05 +1.08%
Bitcoin R$ 190.882,47 -5.283%
Bovespa 129.441,03 pontos -0.49%
Economia Economia

IPC-S registra inflação de 0,81% em maio, diz FGV

Taxa é superior à de abril, quando ficou em 0,23%

01/06/2021 10h05
Por: Redação Fonte: Agência Brasil
Reprodução
Reprodução

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou uma inflação de 0,81% em maio deste ano, taxa superior ao 0,23% observado em abril. Com o resultado, o índice medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV) acumula taxa de inflação de 7,98% em 12 meses.

A alta da taxa, de abril para maio, foi puxada por cinco dos oito grupos de despesas que compõem o IPC-S. Três deles tiveram aumento da inflação: habitação (cuja taxa passou de 0,21% em abril para 1,72% em maio), vestuário (de 0,19% para 0,65%) e despesas diversas (de 0,27% para 0,28%).

A gasolina foi um dos componentes que mais influenciou a alta de preços no mês e contribuiu para que o grupo transportes passasse de uma deflação (queda de preços) de 0,13% em abril para uma inflação de 1,48% em maio. Já educação, leitura e recreação continuaram registrando deflação, mas com uma taxa mais moderada, ao passar de -0,75% para -0,70%.

Outros três grupos tiveram queda na taxa: alimentação (de 0,32% em abril para 0,26% em maio), saúde e cuidados pessoais (de 1,07% para 0,59%) e comunicação (de 0,66% para 0,26%).

O IPC-S é calculado com base em preços coletados em sete capitais: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Salvador e Recife.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.