Domingo, 13 de Junho de 2021 03:01
(82)99621-8631
Esportes Futebol Alagoano

Executivo de futebol do CSA, Rodrigo Pastana vira plano A da diretoria do Cruzeiro

Time mineiro procura um novo diretor de futebol desde a saída de André Mazzuco

01/06/2021 15h10
Por: Redação Fonte: Globo Esporte/AL
Foto: Augusto Oliveira/CSA
Foto: Augusto Oliveira/CSA

O nome de Rodrigo Pastana ganhou força no Cruzeiro nesta segunda-feira. Executivo de futebol do CSA, ele evitou falar nos últimos dias sobre qualquer proposta para sair de Alagoas, mas o ge apurou que o time mineiro tem interesse de contratá-lo e até abriu negociação.

Há outros profissionais sendo analisados, mas o nome de Pastana virou plano A no Cruzeiro após a recusa de Alexandre Mattos, outro cotado para assumir o cargo de diretor de futebol.

Depois da saída de André Mazzuco para o Santos, em maio, os dirigentes celestes estão no mercado para buscar um novo executivo, mas precisam de um nome que se adeque à realidade financeira do clube. Pastana se encaixa nesse perfil.

O executivo foi sondado pelo Cruzeiro no fim de 2019, após o rebaixamento para a Série B do Brasileiro, mas as conversas não evoluíram.

Trabalho no CSA

Pastana chegou ao CSA em setembro do ano passado. Assumiu o futebol do clube durante um período de turbulência, com o time na zona de rebaixamento da Série B, e bancou a contratação do técnico Mozart.

O CSA reagiu e foi muito bem no Brasileiro. Terminou em quinto lugar, com 58 pontos, e o projeto teve continuidade em 2021.

No início desta temporada, no entanto, o CSA foi eliminado nas quartas de final da Copa do Nordeste e na segunda fase da Copa do Brasil, o que gerou muita cobrança da torcida. Pastana, inclusive, foi um dos alvos das críticas, até porque foi ele que montou o elenco.

Mozart trocou o CSA pela Chapecoense em abril, e a diretoria contratou Bruno Pivetti para substituí-lo. Pastana esteve à frente das negociações.

Em maio, a pressão no clube diminuiu com a conquista do título alagoano em cima do rival CRB. Depois de dois empates no mata-mata, o CSA ficou com a taça nos pênaltis.

Marcinho

Curiosamente, Pastana abriu negociação com o Cruzeiro na semana passada para tentar fechar a contratação do meia Marcinho para o CSA. Uma coisa acabou levando a outra e surgiu o interesse da diretoria celeste no executivo.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.