Domingo, 25 de Julho de 2021 10:37
(82)99621-8631
Esportes Futebol Alagoano

Na história, CSA já eliminou um poderoso Vasco na Copa do Brasil; veja o retrospecto

Times se reencontram na próxima quarta, às 21h30, no Rei Pelé

19/07/2021 16h10
Por: Redação Fonte: Globo Esporte/AL
Foto: Felipe Nyland/ Gazeta de Alagoas
Foto: Felipe Nyland/ Gazeta de Alagoas

O CSA recebe na próxima quarta no Rei Pelé um adversário tradicional do futebol brasileiro. Hoje na Série B, o Vasco tem uma grande torcida em Alagoas e o encontro mexe com os azulinos.

Os mais nostálgicos lembram a vitória do CSA na Copa do Brasil de 1992. Contra o Vasco de Edmundo e Roberto Dinamite, o Azulão ganhou em São Januário por 1 a 0 e avançou na competição nacional. Ficou marcado.

Aos 37 do segundo tempo, Dago recebeu um passe de Edson e acertou um chute potente para fazer o gol da classificação. Em Maceió, o primeiro jogo do mata-mata terminou empatado por 3 a 3 e, curiosamente, foi disputado no Estádio da Pajuçara, do CRB.

Autor da assistência para Dago, Edson Ferreira contou como foi a partida no Rio.

- O time dos caras era uma máquina. Tinha Carlos Germano, Edmundo, Roberto Dinamite, Bismarck, Valdir Bigode, Luiz Carlos Winck, foi até ele quem me marcou naquele jogo... Enfim, era um timaço. Mas a gente entrou decidido que poderia surpreender. No lance do gol, eu recebi o passe, cortei pra dentro e ia bater. Daí o Dago veio gritando. E ele chutava forte, chutava bem... Aí rolei e ele pegou muito bem na bola, um chutaço de fora da área. Com aquele gol, derrotamos o Vasco em São Januário. Lembro que depois do jogo a torcida ficou brava com os caras lá. Tinha torcedor querendo quebrar carro de jogador e tudo mais - recordou Edson.

O CSA tinha João Félix como treinador e eliminou o Vasco no Rio, dia 25 de setembro de 1992, com: Flávio; Raul, Ozéias (Dago), Marcelo Barreto e Carlinhos Marechal (Piti); Mário Xavier, Talvanes, Marcelo Gomes e Chiquinho; Lino e Edson.

O Vasco, comandado por Joel Santana, jogou com: Carlos Germano; Luís Carlos Winck, Alê, Tinho e Cássio; Leandro Ávila, Luisinho, Bismarck e William (Roberto Dinamite); Edmundo e Valdir (Hernande).

Equilíbrio

No total, os times se enfrentaram nove vezes em campeonatos oficiais. O Vasco venceu três vezes, o CSA ganhou duas e foram registrados ainda quatro empates. No último jogo entre eles, o time carioca venceu por 3 a 0 no Rei Pelé, pelo Campeonato Brasileiro de 2019.

Retrospecto de CSA x Vasco

Brasileiro - 30/03/1978 - Vasco 4 x 0 CSA

Brasileiro - 07/03/1981- CSA 1 x 1 Vasco

Brasileiro - 19/03/1981 - Vasco 1 x 1 CSA

Copa do Brasil -12/09/1992- CSA 3 x 3 Vasco

Copa do Brasil - 25/09/1992- Vasco 0 x 1 CSA

Copa do Brasil - 27/03/2002- CSA 2 x 1 Vasco

Copa do Brasil - 03/04/2002- Vasco 4 x 0 CSA

Brasileiro - 04/08/2019 - Vasco 0 x 0 CSA

Brasileiro - 10/11/2019 - CSA 0 x 3 Vasco

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.