Domingo, 25 de Julho de 2021 10:08
(82)99621-8631
Geral Alagoas

Prefeitura diz que festa no Francês foi clandestina e que responsáveis já foram identificados

Município disse que não recebeu nenhuma denúncia a respeito da realização do evento ilegal

19/07/2021 17h15
Por: Redação Fonte: Gazeta Web
Reprodução
Reprodução

A Prefeitura de Marechal Deodoro se pronunciou por meio de nota, na tarde desta segunda-feira (19), sobre a festa ocorrida no Francês no último fim de semana, na qual as pessoas aparecem em vídeos desrespeitando todos os protocolos de segurança contra a Covid-19. Aglomerados, os presentes se divertem sem usar máscaras. De acordo com o município, tratou-se de uma festa clandestina, da qual as autoridades locais não tomaram conhecimento nem por meio de denúncia.

De acordo com a prefeitura, os organizadores já foram identificados e o município atua, junto ao Ministério Público Estadual e à Polícia Militar, na adoção das providências cabíveis.

Confira abaixo a nota enviada pela Prefeitura de Marechal Deodoro:

NOTA OFICIAL

A Prefeitura de Marechal Deodoro informa que uma festa realizada no último final de semana, em uma região próxima a Praia do Francês, em que circulam fotos e vídeos nas redes sociais, foi realizada de forma clandestina, sem nenhuma autorização dos órgãos competentes municipais. Desde o aumento de casos de Covid-19 e a volta das restrições mais severas por meio dos decretos governamentais, a Prefeitura não mais autorizou a realização de nenhum evento, seja público ou privado.

Durante a realização do ilícito, o município não recebeu nenhuma denúncia, tendo em vista ter sido realizado em local ermo. O executivo municipal conta apenas com jurisdição para fiscalizar estabelecimentos comerciais, entretanto, dentro de sua responsabilidade social, a Prefeitura de Marechal Deodoro já identificou os realizadores do evento e está junto ao Ministério Público Estadual e a Polícia Militar tomando as devidas providências.

Imagens nas redes sociais

Uma série de vídeos e fotos com a balada foi amplamente compartilhada nas redes sociais. Nas gravações, é possível ver muita gente próxima, dançando e sem usar máscaras. Estas atitudes, em tese, infringem o mais recente decreto governamental, que, apesar de liberar eventos, exige dos organizadores o distanciamento adequado entre as pessoas e a utilização da proteção no rosto.

Ao tomar conhecimento pela imprensa da realização desta festa, o procurador-geral de Justiça, Márcio Roberto Tenório de Albuquerque, garantiu que adotará providências em relação ao fato. Ele vai solicitar que a Promotoria de Justiça de Marechal Deodoro instaure procedimento administrativo para apurar a ocorrência.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.