Domingo, 25 de Julho de 2021 10:38
(82)99621-8631
Geral Fake News

É falso que exista site para cadastro de auxílio cesta básica em Alagoas

O nome do benefício é encontrado apenas no estado do Ceará

21/07/2021 13h50
Por: Redação Fonte: Agência Alagoas
Reprodução
Reprodução

Circula em grupos do WhatsApp um link para uma possível consulta e solicitação de Auxílio Cesta Básica, oferecido pelo governo. A mensagem é falsa e dados preenchidos em formulários podem ser usados para golpes. O nome do benefício é encontrado apenas no estado do Ceará.

A mensagem apresenta um link, mas a página não está mais no ar. Apesar disso, o conteúdo viralizou pelas redes sociais. “Olha vê se vc tem direito ao Auxílio Cesta Básica para comprar alimentos, as famílias podem consultar e solicitar o benefício aqui (sic)”, diz o texto com o endereço do site.

Atualmente não existe cadastro, nem consulta a um suposto Auxílio Cesta Básica. Por ter o nome de auxílio, o texto pode levar a crer que seria um programa federal. Um benefício com o mesmo nome existe no estado do Ceará. O auxílio beneficiará 150 mil famílias com um cartão alimentação de R$ 200 reais. No entanto, além de ser restrito aos cearenses, o cadastro foi encerrado em junho.

Muitos conteúdos falsos se aproveitam da crise econômica, causada pela pandemia, para atrair a atenção dos usuários de aplicativos de mensagens na tentativa de ganhar acessos e até mesmo promover golpes.

O site Boatos.org já checou uma mensagem semelhante, mas com outro link. Outros nomes de programas sociais foram inventados com o mesmo foco de enganar as pessoas. Os supostos cadastros para o Vale Gás e Merenda em Casa, por exemplo, também já viralizaram e foram desmentidos pela editoria Alagoas Sem Fake.

Algumas iniciativas governamentais durante a pandemia podem fazer com que as pessoas acreditem neste tipo de mensagem falsa. Em Alagoas, o governo começou a distribuir 250 mil cestas básicas aos 102 municípios por meio do programa Vacina Alagoas. Serão beneficiadas famílias em situação de vulnerabilidade social já cadastradas nos programas sociais. Não houve cadastro e a entrega dos alimentos será feita por meio da Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social. (Seads) e Associação dos Municípios Alagoanos (AMA). No início da pandemia foram 200 mil cestas distribuídas.  

Alagoas Sem Fake

Com foco no combate à desinformação, a editoria Alagoas Sem Fake verifica, todos os dias, mensagens e conteúdos compartilhados, principalmente em redes sociais, sobre assuntos relacionados ao novo coronavírus em Alagoas. O cidadão poderá enviar mensagens, vídeos ou áudios a serem checados por meio do WhatsApp, no número: (82) 98161-5890.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.