Quinta, 23 de Setembro de 2021 06:30
(82)99621-8631
Esportes Alagoas

Número de jovens assassinados em Alagoas cai mais de 50% entre 2014 e 2019

Queda verificada em números absolutos e na taxa para cada grupo de 100 mil habitantes é a terceira maior do país no período

01/09/2021 14h51
Por: Alexandre Vieira Fonte: Agência Alagoas
Foto: Reprodução/Agência Alagoas
Foto: Reprodução/Agência Alagoas

O número de homicídios de jovens com idades entre 15 e 29 anos em Alagoas teve redução de 50,1% entre os anos de 2014 e 2019, de acordo com dados divulgados na terça-feira (31) no Atlas da Violência 2021, elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. A redução é a terceira maior do país nesse período, resultado que deixa o estado atrás apenas do Ceará (redução de 54,6%) e de São Paulo (redução de 52,2%).

Ainda em números absolutos, Alagoas contabilizou uma queda de 44,4% nos casos de homicídios de jovens na década entre 2009 e 2019. Em 2011, pior ano da série histórica, 1.321 jovens foram assassinados no estado. Nessa série histórica, o ano de 2019 aparece com os menores números, 620 casos. Na comparação com 2018, quando foram registrados 843 casos, a redução foi de 26,5%.

O documento apresentado pelo IPEA aponta ainda uma redução de 49,9% na taxa de homicídios de jovens nessa faixa etária para cada grupo de 100 mil habitantes no estado de Alagoas no período entre 2014 e 2019 – também a terceira maior queda entre todos os estados da Federação. Nesse período, a taxa teve seu auge em 2014, com 140,5 mortes para cada 100 mil habitantes, passando para 70,3 mortes para cada 100 mil habitantes em 2019, com algumas variações nesse período.

A taxa de homicídios de jovens em Alagoas também caiu na comparação da série histórica entre 2009 a 2019, quando é observada uma redução de 42,9%. Entre os anos de 2018 e 2019, a redução foi de 26,5%, a mesma registrada nos dados referentes aos números absolutos.

Em Alagoas, a execução de políticas públicas voltadas para a redução do número de homicídios entre a população na faixa etária de 15 a 29 anos também teve impacto direto na queda de 46,8% observada na taxa de mortes por grupo de 100 mil habitantes considerando todos os segmentos da população no estado, também apontada pelo Atlas da Violência 2021.

O mesmo acontece nos outros dois estados que apresentaram as maiores quedas apontadas pelo estudo, uma vez que, de acordo com o relatório do IPEA, mesmo com reduções sustentadas ano após ano em quase todos os estados brasileiros, a violência ainda é a maior causa da morte de jovens no país. Apenas em 2019, segundo o Atlas da Violência, dos 45.503 homicídios ocorridos no Brasil naquele ano, 51,3% vitimaram jovens na faixa etária dos 15 aos 29 anos.

Homens jovens

Entre os homens com idades entre 15 e 29 anos, de acordo com o Atlas da Violência 2021, a maior redução no número de homicídios em Alagoas aconteceu no período entre 2014 e 2019, com 50,6%. O documento registra também uma redução de 45,2% no número de homicídios na década de 2009 a 2019. O estado passou de 1.260 casos notificados em 2011, mais uma vez o pior ano da série histórica, para 581 em 2019. Com relação a 2018, quando 818 homens com idades entre 15 e 29 anos foram mortos em Alagoas, a queda foi de 29%. 

No estudo apresentado pelo IPEA, a taxa de mortes de homens entre 15 e 29 anos em cada grupo de 100 mil habitantes sofreu redução de 50,9% em Alagoas entre 2014 e 2019. Entre 2009 e 2019, a queda foi de 43,1% e, na comparação entre 2018 e 2019, Alagoas registrou uma redução de 29% na taxa de homicídios desse grupo a cada 100 mil habitantes.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Maceió - AL
Atualizado às 06h27 - Fonte: Climatempo
25°
Nuvens esparsas

Mín. 23° Máx. 29°

25° Sensação
6 km/h Vento
94% Umidade do ar
80% (12mm) Chance de chuva
Amanhã (24/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 28°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sábado (25/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 27°

Sol com muitas nuvens e chuva