Terça, 07 de Dezembro de 2021 15:39
(82)99621-8631
Geral Brasil

Anvisa recomenda exigência de vacinação contra Covid para entrada no Brasil

Nos dois documentos, aconselha a apresentação do certificado de vacinação

25/11/2021 15h17
Por: Alexandre Vieira Fonte: Uol
Reprodução
Reprodução

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou hoje recomendação para que o governo federal adote a exigência de apresentação de certificado de vacinação contra a covid-19 para quem vier de outros países ao Brasil.

A agência publicou duas notas técnicas: uma com recomendações para quem chega por terra e outra, avião. Nos dois documentos, aconselha a apresentação do certificado de vacinação.

"A inexistência de uma política de cobrança dos certificados de vacinação pode propiciar que o Brasil se torne um dos países de escolha para os turistas e viajantes não vacinados, o que é indesejado do ponto de vista do risco que esse grupo representa para a população brasileira e para o Sistema Único de Saúde", justifica a Anvisa nos dois textos.

Se o Ministério da Saúde aceitar a orientação, quem vier ao Brasil de outros países deverá provar que foi vacinado com as duas doses há pelo menos 14 dias. Além disso, no caso do transporte aéreo, o certificado deve ser combinado com a apresentação de um teste negativo.

Meiruze Freitas, diretora da Anvisa, disse em entrevista à GloboNews que o objetivo é abrir as fronteiras com segurança: "A recomendação é sempre melhorar o controle sanitário. E vacina é uma estratégia para gente melhorar esse controle. O teste também é necessário uma vez que as vacinas não protegem 100%. Então, neste momento, teste e vacinas."

No caso do tráfego terrestre, profissionais que trabalham no transporte de cargas ficariam dispensados da exigência de vacinação. Também poderiam ser excluídos da exigência aqueles que vierem de "países em que cobertura vacinal tenha atingido a imunidade coletiva ou que esteja em níveis de cobertura vacinal e contexto epidemiológico considerados seguros."

Quarentena obrigatória - A OMS (Organização Mundial de Saúde), por sua vez, não recomenda a exigência de vacinação entre países por causa da desigualdade na distribuição e aplicação de imunizantes contra a covid no mundo. A maior parte dos países pobres vacinou apenas uma quantidade ínfima de suas populações.

Segundo a Anvisa, em respeito ao posicionamento da OMS, o passaporte de vacina não seria a única maneira possível de entrar no país. "Se o viajante, por qualquer razão, ainda não estiver vacinado, ele deverá se submeter à quarentena, conforme manifestações reiteradas da Anvisa desde novembro de 2020", disse a agência nas notas técnicas.

Quarentena obrigatória - A OMS (Organização Mundial de Saúde), por sua vez, não recomenda a exigência de vacinação entre países por causa da desigualdade na distribuição e aplicação de imunizantes contra a covid no mundo. A maior parte dos países pobres vacinou apenas uma quantidade ínfima de suas populações.

Segundo a Anvisa, em respeito ao posicionamento da OMS, o passaporte de vacina não seria a única maneira possível de entrar no país. "Se o viajante, por qualquer razão, ainda não estiver vacinado, ele deverá se submeter à quarentena, conforme manifestações reiteradas da Anvisa desde novembro de 2020", disse a agência nas notas técnicas.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Maceió - AL
Atualizado às 15h20 - Fonte: Climatempo
30°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 32°

33° Sensação
26 km/h Vento
59% Umidade do ar
90% (3mm) Chance de chuva
Amanhã (08/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 33°

Sol e Chuva
Quinta (09/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 32°

Sol e Chuva